Andela recebe aporte de US$ 200 mi liderado pelo Softbank - credito Freepik

Crédito: Freepik

A Andela, rede global para talentos remotos de engenharia, recebeu aporte financeiro de US$ 200 milhões em Série E, o que fez seu valor de mercado chegar a US$ 1,5 bilhão. A rodada foi liderada pelo Softbank Vision Fund 2 e contou com a participação dos investidores Whale Rock, Generation Investment Management, Chan Zuckerberg Initiative e Saprk Capital.

Com o novo aporte, a empresa investirá no desenvolvimento de produtos para simplificar a contratação global e  expandir sua oferta de talentos, hoje focada em desenvolvimento de software, para novos setores, como design e dados.

Com uma taxa de colocação de 96%, a Andela ajuda as organizações ao redor do mundo a formar equipes remotas de engenharia de software. Lançada na África em 2014, atualmente, a empresa representa engenheiros de mais de 80 países.

“Contratar talentos técnicos remotos é um dos maiores desafios que as empresas enfrentam atualmente. Acreditamos que a Andela se tornará a parceira de talentos preferida das melhores empresas do mundo à medida que o trabalho remoto e híbrido se tornem o normal”, diz Lydia Jett, sócia do SoftBank Investment Advisers.

Uma organização totalmente remota com mais de 300 funcionários em todo o mundo, a Andela está contratando os melhores talentos em todos os setores, principalmente em produtos, engenharia e growth.

(Com assessoria)