Apple tem recorde de vendas de Iphones e serviços-Crédito-Freepik

Crédito: Freepik

A Apple informou nesta quinta-feira, 28, que teve recorde de vendas e lucro no segundo trimestre fiscal, acima dos resultados previstos por Wall Street. O fato de a empresa ter administrado o cenário de escassez de componentes eletrônicos e os consumidores compraram novos iPhones impactaram em seu desempenho.

Conforme, afirmou a bigtech, as vendas aumentaram 19% nas Américas e cerca de um dígito na Europa e na China.

Considerada a maior empresa do mundo em valor de mercado, a Apple pretende manter a alta demanda pelo iPhone e outros produtos enquanto eleva as vendas de serviços, incluindo assinaturas de música e vídeo.

Os últimos resultados mostram a companhia avançando em ambos os objetivos, uma vez que superou as expectativas de vendas para todas as unidades, com exceção de acessórios.

De acordo com Luca Maestri, vice-presidente financeiro da Apple, os resultados do segundo trimestre refletem a  “forte demanda contínua por nossos produtos” e um recorde de vendas de serviços.

A receita da Apple no trimestre encerrado em 26 de março foi de US$ 97,3 bilhões, um aumento de 8,6% em relação ao ano passado e superior à estimativa média dos analistas de 93,89 bilhões, segundo dados da Refinitiv.

A receita trimestral mundial com vendas de celulares foi de US$ 50,6 bilhões, um aumento de 5,5% em relação ao ano anterior, e acima da estimativa média de 47,88 bilhões.

Em serviços, o segundo maior negócio da Apple depois dos iPhones, as vendas aumentaram 17%, chegando a US$ 19,8 bilhões de dólares, contra projeção média de 19,71 bilhões.

lucro da Apple no trimestre foi de US$ 25 bilhões, superando as expectativas dos analistas de US$ 23,2 bilhões.

A Apple também anunciou um aumento de 5% em seus dividendos e a aprovação do conselho de administração para recomprar 90 bilhões de dólares adicionais em ações. Maestri disse em entrevista que a guerra na Ucrânia afetou a receita diante da retirada da Apple da Rússia, mas recusou-se a especificar um valor. Ele disse que o impacto nas vendas seria maior no trimestre atual.

(Com Reuter e agências)