B3 amplia acesso a BDRs de ETFs internacionais - Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação

A B3 e parceria com a BlackRock, gestora global de ativos financeiros, lançam 13 Brazilian Depositary Receipts (BDRs) de Exchange Traded Funds (ETFs) iShares que ficam disponíveis a partir desta segunda-feira, 6.

Os produtos, que são da marca iShares, incluem oito BDRs de ETF de Renda Fixa, compostos por dívida soberana e corporativa dos Estados Unidos, e cinco BDRs de ETF de Renda Variável de índices financeiros globais. Até então, esses fundos estavam disponíveis apenas para o investidor qualificado – pessoa física ou jurídica com investimentos que excedam R$ 1 milhão.

Por conta da instabilidade dos mercados, principalmente em razão da pandemia e da guerra entre a Rússia e a Ucrânia, a novidade abre um novo horizonte de oportunidades de diversificação para as carteiras da pessoa física, permitindo múltiplas estratégias para diferentes perfis de risco, do conservador ao mais arrojado.

Alguns desses produtos proporcionam exposição a títulos de dívida de empresas norte-americanas, enquanto outros dão acesso a cestas de títulos soberanos de renda fixa em dólares.

Os produtos oferecem simplicidade (um único papel garante exposição a todos os ativos que compõem a cesta do índice), segurança (o risco individual de cada ativo se dilui na carteira) e economia (o custo para o investidor é menor que o que ele teria se comprasse todos esses ativos de forma avulsa).

O intuito da BlackRock é continuar trazendo novas classes de ativos e exposições para que os investidores de varejo e o institucional possam construir um portfólio internacional completo com ETFs, segundo Karina Saade, head da BlackRock no Brasil.

“Há um entendimento de que os BDRs de ETFs são a forma mais simples e barata de acessar mercados globais, de forma eficiente, com baixo custo e com a liquidez de uma ação, além dos benefícios de um veículo diversificado, simples e transparente.”

Para a B3, a liberação representa um trabalho contínuo dos times em proporcionar novas oportunidades de investimento aos investidores locais. “Ao todo teremos 79 BDRs de ETF disponíveis para o varejo, facilitando o acesso ao mercado internacional tanto para Renda Fixa como Renda Variável”, afirma Luís Kondic, diretor executivo de Produtos e Dados da B3.

(Com assessoria)