Márcio Moral, head de empresas do Banco Original – Crédito: divulgação

É na oferta ao crédito para Microempreendedor Individual (MEI) e Pequenas Empresas (PMEs) que o banco Original vê mais oportunidades de negócios em 2021. Atualmente são 200 mil clientes que movimentaram, em menos de um ano, R$ 210 milhões em crédito e R$ 360 milhões em captação (depósito à vista, fundos, aplicações e renda fixa). A expectativa do banco é chegar a 300 mil clientes PJs, até dezembro.

“Vamos crescer muito em crédito nesse segmento, pois as empresas estão esperando um pouco mais de visibilidade e clareza no ambiente de negócios do país”, afirma Márcio Moral, head de empresas do Banco Original.

MEIs e PMES formam um mercado de 9 milhões de empresas, que representam 30% do PIB, além de gerar inúmeros empregos. De acordo com o BC, só o mercado de PMEs cresceu R$ 170 bilhões em crédito em 2020.

Segundo Moral, o Original foi o primeiro e talvez seja o único banco digital a ter acesso à linha de crédito com o aval do Sebrae, o Fampe, muito utilizada para as PMEs. “Além de o acesso remoto ao crédito, ter o beneficio de uma linha de crédito com o apoio do Sebrae, que acaba barateando o custo, é um diferencial”, diz.

Para levar o crédito mais rápido aos clientes, o Original tem também colocado em prática seu conceito de banco aberto e inovador. “Outro ponto disruptivo são as tratativas que estamos estabelecendo com algumas plataformas de crédito, fintechs, que muitas vezes não têm balanço, mas contam com conexões e precisam de um banco por trás”, afirma.

Atendimento humano

De acordo com Moral, a outra grande aposta do banco está no atendimento humano, disponível a todos os perfis de empresa. “O cliente ter a referência de um gerente especializado acompanhando seu relacionamento com o banco e saber para quem recorrer em caso de urgência, é essencial”, observa. Além disso, a existência de um ponto focal de relacionamento, segundo ele, facilita a venda.

Uma das inovações do banco foi a Conta Pessoa Única, voltada para o público MEI, EI e EIRELI, que reúne em um mesmo App as contas PJ e PF, porém com gestões totalmente distintas. Com abertura 100% digital, o cliente conta ainda com um pacote completo que inclui cobrança digital, saques, pagamentos, cartão empresarial, entre outros. Além disso, por meio de parcerias do Original, o cliente tem direito a maquininha de cartão Cielo ou GetNet.

Outra ação do banco para empreendedores é a isenção de taxas para transferência para transações com o Pix, incentivando assim a utilização do sistema de pagamentos instantâneos como diferencial para esse público.

“O Pix vem como um facilitador e na sua esteira estamos preparando uma série de produtos para os clientes empresariais baseados nas modalidades PIx agendado, confirmado e garantido”, diz.

Como o Original já é um banco consolidado em atendimento à pessoa física, mais de 50% dos clientes PJs chegam por meio desse relacionamento.