Crédito: Freepik

O Banco Central informou nesta quinta-feira, 24, que subiu de 5% para 5,8% a projeção de inflação para 2021. As informações estão no Relatório de Inflação do segundo trimestre que revela que a probabilidade de superar o teto da meta é de 74%, contra 41% revelado no relatório anterior.

O centro da meta de inflação, em 2021, é de 3,75%. Pelo sistema vigente no país, será considerada cumprida se ficar entre 2,25% e 5,25%. Segundo o relatório do BC, a inflação recente tem sido afetada pelo significativo aumento dos preços das commodities e da recente queda do dólar, verificada a partir do mês de abril.

O Banco Central também projetou para cima a variação do Produto Interno Bruto (PIB) em 2021, que passou de 3,6% para 4,6%. A projeção está abaixo das estimativas do mercado, divulgadas pelo último boletim Focus, que prevê alta de 5% no PIB deste ano.