BID aposta em Parcerias Público-Privadas no país- Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

 

O BID, Banco Interamericano de Desenvolvimento, oferece um curso gratuito na sua plataforma edX para  promover parcerias público-privada como ferramenta essencial de forma a impulsionar investimentos em infraestrutura e prestação de serviços que ajudarão na recuperação econômica do Brasil.

Atualmente, o BID está liderando a estruturação de 20 projetos de PPPs no país. Quando concluídas, espera-se que gerem investimentos privados de cerca de R$ 10 bilhões em áreas como transporte público e saneamento.

De acordo com a consultoria Radar PPP, 85% dos projetos iniciados no Brasil não são concluídos em cinco anos, o que representa uma taxa muito elevada para gerar os níveis de investimento necessários ao país.

Morgan Doyle, representante do Grupo BID no Brasil, explica que há espaço para melhorias nos projetos de PPPs. “No BID, em linha com nossa Visão 2025, queremos fomentar novas sinergias operacionais entre os setores público e privado. Portanto, trabalhamos para ajudar a implementar projetos PPP bem desenhados, preparados e executados, com um bom equilíbrio financeiro, riscos bem alocados e sempre buscando projetos sustentáveis em todas as áreas: social, ambiental e fiscal”, explicou ele.

Projetos qualificados

O curso visa a ajudar a comunidade profissional brasileira de vários setores de infraestrutura (infraestrutura econômica, saúde, educação, banda larga, água, entre outros) a qualificar sua participação na gestão de projetos com participação privada que geram benefícios para investidores, governos e sociedade.

Ao longo de cada módulo, são apresentadas as melhores práticas aplicáveis a cada etapa do ciclo do projeto, incluindo seleção do projeto, projeto, estruturação, alocação de risco, execução, acompanhamento e monitoramento.

Para cumprir seu objetivo, os módulos que compõem este curso contêm uma variedade de conteúdos especificamente concebidos para o mercado brasileiro e focados nos principais tipos de projetos realizados no país, tais como PPPs e Concessões. O conteúdo inclui leituras selecionadas, vídeos, estudos de casos nacionais e internacionais e outros recursos de aprendizagem.

Com uma carga de trabalho de seis a sete horas por semana, o curso oferece aos participantes a possibilidade de visualizar o conteúdo no seu próprio ritmo e de acordo com sua disponibilidade, com um certificado digital da Academia BID. As inscrições podem ser feitas pelo do BID.

(Com assessoria)