Crédito: Freepik

Bitcoin registra queda acumulada de 40% em maio, considerado até agora seu pior desempenho mensal em vários anos. O impacto foi devido à repressão da China contra a mineração e o comércio das criptomoedas e à ação da Tesla de suspender pagamentos com a moeda digital devido ao meio ambiente.

Hoje pela manhã a maior criptomoeda do planeta perdia 5,19%, chegando a US$ 36.503,64. Seu valor mínimo até agora foi de US$ 35.145,52. Para analistas a criptomoeda encontra-se atualmente em um ‘modo de espera’, negociando na faixa de 34.000 a 40.000 dólares.