Bolsonaro deve se reunir com Elon Musk nesta sexta-feira em SP - Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro deve se reunir nesta sexta-feira, 20, com o bilionário Elon Musk, no interior de São Paulo. A informação foi divulgada pelo jornalista Lauro Jardim, de O Globo, e confirmada pelo Estadão. A reunião de Bolsonaro e Musk deve acontecer no Hotel Fasano Boa Vista, em Porto Feliz, por volta das 10 horas.

Empresários brasileiros dos setores de telecomunicações, finanças e energia foram convidados para o evento ‘Conecta Amazônia’, que acontece no mesmo hotel.

Membros do governo ouvidos pela Folha de São Paulo dizem que os preparativos foram feitos para receber o bilionário. No início da manhã desta sexta, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, confirmou que Musk, dono de uma fortuna avaliada em US$ 230 bilhões, estará no país “para tratar com o governo brasileiro sobre conectividade e proteção da Amazônia”.

Durante sua live presidencial nessa quinta-feira, 19, Bolsonaro disse que teria um encontro “com uma pessoa reconhecida no mundo todo, que vem para ajudar a nossa Amazônia”. Ele não citou Musk nominalmente.

Elon Musk

Admirador do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, Elon Musk é dono da Tesla e negocia uma operação para comprar o Twitter por US$ 44 bilhões, suspensa temporariamente pelo bilionário.  Ele tem criticado a política de moderação do Twitter. Ao defender a “liberdade de expressão”, Musk alinha-se aos negacionistas, que defendem a “liberdade” para espalhar fake news.

Em janeiro, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deu aval ao pedido da Starlink, empresa de Musk, para operar satélites de órbita baixa no Brasil.

O funcionamento dos satélites de órbita baixa de Musk faz parte da agenda do Ministério das Comunicações, comandado por Fábio Faria, que em dezembro de 2021 se encontrou com Musk para debater o fornecimento do serviço no Brasil. As autorizações concedidas em janeiro são as primeiras para operação desse tipo de satélite no País.

A reunião de Faria com o empresário ocorreu nos Estados Unidos. “Em breve, Elon Musk estará no Brasil para conectarmos as escolas rurais e protegermos a Amazônia utilizando a tecnologia da SpaceX/Starlink”, escreveu Faria, na ocasião, nas redes sociais.

A Internet da Starlink funciona enviando informações através do vácuo do espaço, onde se desloca mais rapidamente do que em cabos de fibra óptica, o que a torna mais acessível a mais pessoas e locais. O direito de exploração pela Starlink no Brasil deve valer até 2027.