BTG Pactual abre inscrições para acelerar startups - Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

O boostLAB, hub de negócios para empresas de tecnologia do BTG Pactual anuncia a 10ª edição de seu programa de potencialização de startups em nível avançado, as chamadas scale-ups. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site do banco. Serão selecionadas de cinco a dez startups, que seguirão no programa pelo período de cinco meses.

Lançado em 2018, o boostLAB tem como objetivo acelerar a criação de valor para startups e apoiar os empreendedores, aproximando-os do mercado financeiro e do acesso a capital. O programa conta com a dedicação integral de um sócio do BTG Pactual, acompanhamento por membros de seu comitê executivo, mentoria de sócios do Banco e de executivos de destaque no mercado, além da metodologia da ACE, uma das maiores empresas de inovação corporativa da América Latina.

Desde sua criação, o programa já potencializou mais de 70 companhias, incluindo a startup latino-americana Advance (Colômbia), e fez negócio com 70% delas. Em paralelo, sete startups também receberam investimentos, incluindo um exit: A de Agro, Finpass, Pier Seguros, Spinet Bank (Liber Capital), Celcoin, iClubs e Digesto (vendida para a JusBrasil em 2021).

O banco tem lançado cada vez mais produtos dedicados para esse perfil de startups, como linhas de crédito, investimento, auxílio para arrecadação de fundos, serviços bancários, dentre outros. “Com o boostLAB estamos estimulando o empreendedorismo e apoiando o desenvolvimento de tecnologias disruptivas e novos modelos de negócios. Além disso, colocamos no mercado os melhores produtos bancários focados no financiamento de startups, com taxas e condições competitivas para incentivar o setor”, explica Fred Pompeu, sócio do BTG Pactual e head do boostLAB.

Em 2021, o boostLAB foi premiado pelo terceiro ano consecutivo como um dos melhores centros de inovação financeira do mundo (Best Financial Innovation Labs) pela revista Global Finance. O prêmio, que está em sua nona edição, busca reconhecer entidades que regularmente identificam novos caminhos e projetam novas ferramentas para o mercado financeiro. Esse foi o terceiro ano em que o prêmio elegeu os melhores laboratórios de inovação financeira do mundo, sendo o boostLAB o único centro do Brasil a figurar na lista ao longo dos três anos.

(com assessoria)