Figura conceito que mostra reclamações de consumidores - Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

O C6 Bank liderou o ranking de reclamações direcionadas às maiores instituições financeiras no quarto trimestre de 2021, conforme dados divulgados pelo Banco Central, nesta quinta-feira, 20. O C6 também liderou o ranking do terceiro trimestre do ano passado. As principais reclamações são relativas às informações relativas ao crédito consignado e irregularidades na prestação de serviços diversos.

O ranking contabilizou 1.444 reclamações consideradas procedentes contra o C6, totalizando 106,22 pontos, sendo grande parte relativas às informações inadequadas sobre crédito consignado e sobre irregularidades na integridade e confiabilidade na prestação de serviços diversos, como cartões de crédito e internet banking.

O segundo lugar no ranking de Bancos e Financeiras, com o maior número de clientes, ficou com o BMG (Conglomerado), com 618 reclamações e 67,87 pontos. A maioria das queixas é relativa às operações com o cartão de crédito. O Top 3 do ranking foi do BTG Pactual, que recebeu 1.128 reclamações consideradas procedentes e 63,08 pontos, muitas relativas ao cartão de crédito e ao consignado.

A pontuação no ranking elaborado pelo BC leva em conta o total de reclamações proporcionalmente ao número de clientes da instituição financeira.

Mudança na metodologia

O Banco Central realizou duas mudanças na construção do Ranking de Reclamações, formado a partir das demandas do público registradas em seus canais de atendimento, que já estão presentes nos resultados do 4T21.

A primeira foi a inclusão das instituições de pagamento (IPs) autorizadas pelo BC entre os participantes do Ranking, que já contava com bancos e financeiras. “As IPs têm se tornado cada vez mais relevantes no mercado, tanto em termos de produtos e serviços ofertados, quanto em razão do aumento crescente de sua base de clientes e das reclamações recebidas”, afirma o BC em nota.

A outra novidade foi o aprimoramento dos grupos do Ranking. O grupo “Top 10” foi alterado para “Top 15”, passando a incluir as 15 maiores instituições em número de clientes. “O acréscimo de mais cinco entidades no grupo e busca evidenciar à sociedade um retrato mais completo do mercado atual, cada vez mais dinâmico”, pontua.

Demais instituições e IPs

Entre os demais bancos, financeiras e Instituições de Pagamento, a Parati ficou no Top 1 das reclamações do ranking do quarto trimestre de 2021, com 60 queixas e 16.699,13 pontos. Grande parte sobre as operações de crédito e portabilidade do consignado.

Em segundo lugar está o Banco Master, com 952,93 pontos e 122 reclamações. As queixas em maior número também são referentes a portabilidade do crédito consignado e operações de crédito.

Na sequência, aparece o Banco Digimais, com 444,90 pontos e 202 reclamações, mais da metade sobre a abertura de conta de depósito com documentação ausente, insuficiente ou falsa.

Temas recorrentes

Grande parte das reclamações dos clientes, tanto das instituições financeiras com maior número de clientes quanto das demais, foi relativa a irregularidades nas operações e serviços relacionados a cartões de crédito e ao crédito consignado.