fachada-caixa-2021-credito-divulgacao-digital-money-informe.jpg

Crédito: Divulgação

A Caixa anunciou nesta quinta-feira, 28, o resultado histórico de R$ 34,4 bilhões no crédito imobiliário com recursos do FGTS no 1º trimestre de 2022. As contratações são referentes aos recursos da poupança (SBPE) somadas às do Programa Casa Verde e Amarela (PCVA), que representam um aumento de 17,8% em relação ao mesmo período de 2021. Se comparado ao primeiro trimestre de 2018, o crescimento é de 92,7%.

Os dados foram divulgados pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães, durante transmissão ao vivo com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) .

As contratações com recursos da poupança (SBPE), no primeiro trimestre de 2022, totalizaram R$ 21,4 bilhões, com crescimento de 31,2% comparado ao mesmo período de 2021 e chegou a 817,4% em relação a igual período em 2018.

Nas duas modalidades, no primeiro trimestre do ano, mais de 546 mil pessoas realizaram o sonho de ter a casa própria. Foram mais de 136 mil unidades financiadas no período.

Financiamento imobiliário

O banco também anunciou novidades no financiamento imobiliário. Nas novas contratações de crédito imobiliário para pessoa física, com recursos SBPE, os clientes contam agora com período de carência de até seis meses no financiamento de imóveis novos e usados. O novo prazo é válido em três opções de linhas de financiamento imobiliário do banco: TR, Poupança Caixa e Taxa Fixa.

O presidente da Caixa informou também que haverá abertura da linha de financiamento para aquisição, construção ou reforma de imóveis comerciais, modalidade destinada às empresas.

A partir de segunda-feira (02/05), já estará disponível a contratação para clientes pessoa jurídica, com taxas a partir de TR + 3,15% a.a, somadas à remuneração da poupança. O prazo é de até 180 meses.

O banco divulgou ainda a prorrogação da taxa promocional das contratações da modalidade Poupança Caixa, com recursos SBPE, para pessoa jurídica. Até 30 de junho, é possível aproveitar a taxa reduzida de 3,00% a.a, somada à remuneração da poupança. A queda é de 0,32 ponto percentual.

Novo Plano Empresário (PEC)

A Caixa lança o Novo Plano Empresário Caixa (PEC), que amplia, a partir de 18 de maio, as estratégias para o setor. A liberação de recursos será mais simples, com redução de 50% dos documentos exigidos.

O novo PEC é mais uma alternativa para financiamento de projetos às incorporadoras, complementando o portifólio de produtos e serviços destinados ao setor da construção civil.

Diversas melhorias serão implementadas e vão contribuir com a experiência do cliente tais como: agilidade na liberação das parcelas, simplificação da comprovação da comercialização das unidades e dos recebíveis imobiliários, aumento do percentual máximo de permuta do terreno de 20% para 35% e simplificação dos processos pós-contratação.

Operações de Habitação Popular

Conforme informou Guimarães, está previsto para maio a expansão da linha Apoio à Produção para pessoa jurídica, passando a financiar empreendimentos com doação de terreno pelo Ente Público.

A modalidade contemplará as doações de terreno feitas por meio de Concessão de Direito Real de Uso (CDRU), o que permite mais produção imobiliária por meio de parcerias com Estados e Municípios.

Prorrogação de medidas

Devido à pandemia, o banco prorrogou as medidas de apoio às empresas adotadas em 2020 e 2021 para até dezembro deste ano. A antecipação de recursos para novos empreendimentos, prazo de carência para início das obras, possibilidade de prorrogação de cronograma, estão entre as principais ações.

(Com assessoria)