cidade-inteligente-ceara-foto-divulgacao-2022-digital-money-informe.jpg

Cidade inteligente no Ceará Foto: Divulgação

A cidade inteligente construída do zero em São Gonçalo do Amarante, no Ceará, situada a  55 km de Fortaleza, vai muito além de áreas urbanas planejadas. O projeto Smart City Laguna representa um grande divisor de águas para o futuro do mercado imobiliário ao desenvolver soluções de infraestrutura digitais que entregam serviços públicos mais inteligentes.

“Uma grande parte do nosso projeto está direcionada às infraestruturas digitais concebidas como estruturas habilitadoras, sendo um pré-requisito para o desenvolvimento das nossas cidades”, afirma Susanna Marchionni.

Essas soluções, segundo ela, oferecem uma cidade movida à tecnologia com wi-fi gratuito, melhor aproveitamento dos espaços e recursos e um aplicativo que integra a população aos serviços públicos. “A Smart City Laguna é uma cidade que está equipada com alta conectividade e serviços tecnológicos, onde o morador não desconecta nunca, caso seja o seu desejo”, diz.

O principal ponto de internet gratuita fica localizado no Hub de Inovação, uma obra de cerca de 1 mil m² que abriga biblioteca, cinema e salas de aula onde são oferecidos cursos de inglês, tecnologia e empreendedorismo para moradores e a comunidade do entorno. Os pontos de ônibus também contam com sinal de internet liberados e bancos dotados com saídas USB para carregamento de celulares e equipamentos eletrônicos.

Além da conectividade disponível, os moradores conseguem acompanhar todo o funcionamento da cidade por meio do aplicativo próprio do bairro, onde recebem inclusive o sinal das câmeras de monitoramento, garantindo a segurança das residências.

A ferramenta também permite consultar eventos e atividades, acompanhar as notícias do bairro e reservar alguns espaços compartilhados como a cozinha para eventos sociais. Um painel de compra e venda de produtos também funciona a fim de estimular a economia local entre os moradores de maneira simples e imediata.

Além de Laguna, a proptech, especializada em cidades inteligentes inclusivas, segue expandindo seus projetos para Natal (RN), Aquiraz (Ceará) e São Paulo. Os valores começam em R$ 45 mil para lotes, e R$ 114 mil para casas.

(Com assessoria)