Figura conceito de empresário em um laptop busca investimentos para startup

Crédito: Freepik

O volume de investimentos em startups brasileiras via Equity Crowdfunding tem se recuperado em 2021, ante a queda verificada no ano passado. Em relação aos anos de 2018 e 2019, o volume de investimentos nessa modalidade caiu pela metade em 2020. Um dos fatores que podem ter causado esse encolhimento é a crise da Covid-19, que desacelerou os mercados em geral no primeiro semestre do último ano.

Em 2021, o ecossistema tem se recuperado, pois o valor captado pelas startups brasileiras até agora já representa 60% do total levantado no ano anterior. Nos próximos anos, com a chegada de novos players e a popularização da modalidade no país, a tendência é que os números do Equity Crowdfunding voltem a subir, conforme pesquisa da plataforma de inovação Distrito.

Os financiamentos coletivos, ou crowdfundings, começaram a se difundir em todo o mundo no final dos anos 2000, na forma dos Rewarding based Crowdfunding e dos Donation Based Crowdfunding. Esses dois modelos tinham o objetivo de financiar atividades filantrópicas através de doações ou mesmo em troca de pequenos brindes, sem fornecer ao investidor uma participação acionária no projeto.

Nos anos seguintes à crise financeira de 2008, o Equity Crowdfunding ganhou espaço no mercado como um modo de driblar a escassez de capital disponível para o financiamento de empresas. Diferentemente daquelas modalidades baseadas em doações e recompensas, a do Equity requer regulações mais robustas para mitigar fraudes e ampliar a transparência dos processos. No Brasil, as plataformas digitais de Equity Crowdfunding são regulamentadas desde 2017, sob a Instrução CVM 588.

Captações com valor-alvo atingido

Sempre que uma startup abre uma nova rodada de investimentos, ela deve definir um valor-alvo de dinheiro a ser captado. Já o valor mínimo de captação é calculado em dois terços do valor-alvo definido. Caso o volume para atingir esse mínimo de recursos não seja atingido, a operação é cancelada e os investidores recebem o seu dinheiro de volta. Se o valor-alvo é alcançado, a empresa pode escolher entre encerrar a rodada ou continuar captando, se houver outros investidores interessados. Nos últimos anos, o número de rodadas que tiveram o valor-alvo atingido cresceu no Brasil, evidência de como o Equity Crowdfunding vem chamando a atenção e ganhando a confiança dos investidores no país. (com assessoria de imprensa)