Empresária checa itens de formulário - Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

A Serasa lança solução que permite aos brasileiros contar com novas informações na análise do seu perfil de crédito e na pontuação do Serasa Score. Ao conectar a conta bancária ao perfil da Serasa, as transações realizadas pelos consumidores, como os pagamentos de contas básicas, por exemplo, passam a ser consideradas nas avaliações.

Lançado em 2017, o Serasa Score (pontuação que as empresas podem usar no momento de conceder crédito) já foi consultado por mais de 63 milhões de brasileiros de forma gratuita. A pontuação, que vai de 0 a 1.000, indica para o mercado as chances de o consumidor pagar aquela conta nos próximos seis meses.

Para a análise, são considerados dados financeiros como os créditos contratados, histórico de dívidas, pagamento de crédito, pagamento de dívidas, tempo de crédito e consultas ao CPF.

A partir de agora, mediante o consentimento prévio do consumidor, as movimentações feitas na conta bancária, como os pagamentos de contas básicas (como água, luz, telefone e outras transações bancárias), também podem ser consideradas para a análise da pontuação.

De acordo com Lucas Lopes, diretor da Serasa, a conexão tem como objetivo dar aos consumidores maior controle sobre suas vidas financeiras e permitir que mais pessoas tenham acesso ao crédito.

“Quanto mais a gente conhece o consumidor e seus hábitos, melhor pode ficar a análise do seu Serasa Score e do seu perfil financeiro. Além de possibilitar um aumento instantâneo na pontuação, a conexão não terá impacto negativo no Score do usuário, beneficiando principalmente as pessoas que não têm acesso ou que não utilizam muito opções de crédito.”, explica.

Segurança dos dados

Segundo Lucas, a ferramenta é novidade no Brasil, mas segue modelos aplicados nos Estados Unidos e no Reino Unido. “Nos EUA, por exemplo, os benefícios ao consumidor são evidentes: 23% das pessoas com o Score considerado ‘baixo’ mudaram de faixa de pontuação a partir da conexão.”

A conexão é 100% digital e só acontece mediante o consentimento do usuário: “Levamos em conta todas as camadas de segurança de forma que os dados são utilizados apenas em modo leitura e as informações podem ser adicionadas a partir da conexão da conta bancária pelo site da Serasa.

A Serasa não coleta e não solicita outras informações que permitem realizar transações com as contas bancárias e cartões, como, por exemplo, número completo do cartão de crédito associado ao código de segurança (CVV) e data de vencimento.

(Com assessoria)