Crédito: Freepik

O Colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) analisou e aceitou proposta para acordo com os executivos da Via, como penalidade por terem divulgado informações inadequadas em lives no ano passado. Roberto Fulcherberger diretor presidente da Via Varejo S.A., e Orivaldo Padilha, diretor de relações com investidores, propuseram pagar, respectivamente, R$ 240 mil e R$ 306 mil. 

De acordo com a CVM, o processo foi instaurado pela Superintendência de Relações com Empresas (SEP) para apurar a divulgação, de maneira inadequada, de informação relevante sobre os negócios da Via Varejo S.A.. A Procuradoria Federal Especializada junto à Autarquia (PFE-CVM) concluiu não existir impedimento jurídico para realizar a celebração do acordo. (Com assessoria)