O eBay expande sua gestão de pagamentos para o mercado brasileiro, a partir do segundo trimestre de 2021. Com isso os compradores da plataforma passam a ter mais flexibilidade de escolha dos métodos de pagamentos e os vendedores uma alternativa para gerenciar seus negócios.

Considerado um dos maiores sites de e-commerce do mundo, o objetivo da empresa é criar um marketplace moderno que ofereça melhor experiência para o usuário e elimine possíveis dificuldades relacionadas ao pagamento.

“Continuamos a expandir e dimensionar nossa gestão de pagamentos globalmente e o Brasil é um dos principais países emergentes para nós”, afirma Alyssa Cutright, vice-presidente de pagamentos globais do eBay.

O eBay começou a gerenciar pagamentos em sua plataforma nos Estados Unidos para um grupo selecionado de vendedores em setembro de 2018 e, mais tarde, expandiu a experiência para Alemanha, Reino Unido, Austrália, Canadá, França, Itália e Espanha. O objetivo agora é ampliar globalmente a experiência ao longo do ano.

Durante o primeiro trimestre de 2021, o a companhia processou pagamentos para 52% do volume na plataforma, com mais de 4 milhões de vendedores ativos inscritos no programa global.

A expectativa da empresa com a nova experiência para os usuários globais do marketplace é gerar cerca de US$ 2 bilhões em receita incremental e US$ 500 milhões em receita operacional.

A gestão de pagamentos do eBay atingiu um marco significativo em julho de 2020, com a finalização de seu acordo operacional com o PayPal. Agora, o eBay pode escalar a iniciativa globalmente, e oferecer aos compradores mais opções e flexibilidade na hora de escolher como pagar, assim como simplificar as operações de negócios para os vendedores.