FinanZero capta US$ 4,1 milhões e busca o break even em 2023 - Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

A FinanZero, marketplace de empréstimos online, anuncia novo round de captação no valor de US$ 4.1 milhões, aproximadamente R$22 milhões, em rodada seed. Os aportes contaram com os atuais investidores da plataforma – VEF, Webrock Ventures, Dunross & CO e Atlant Fonder – entre outros, brasileiros e estrangeiros, que não tiveram seus nomes revelados.

Fundada em 2016, a fintech é dona de uma das marcas mais buscadas no Google no quesito empréstimo pessoal no Brasil. Atualmente, a FinanZero possui um banco de dados com 31 milhões de pedidos de empréstimos realizados e, mensalmente, alcança cerca de 1,5 milhão de solicitações de crédito feitas diretamente no buscador. Entre 2019 e 2021, as receitas da FinanZero cresceram 144%.

“Com esse valor poderemos chegar ao break even em 2023. Vamos investir em tecnologia da informação e em ciência de dados para estarmos mais integrados com os bancos. Além disso, continuaremos investindo em nossa equipe e na nossa plataforma, para fortalecê-los ainda mais”, afirma o sueco Olle Widén, CEO e cofundador da FinanZero.

Além do montante financeiro, a captação reforça a eficiência do modelo de negócios da fintech e sua aceitação no mercado brasileiro. “Essa captação ajuda a reforçar nosso comprometimento em tornar nossa plataforma ainda mais inovadora e tecnológica a todos os brasileiros que buscam as melhores opções de empréstimo financeiro para suas necessidades pessoais”, pontua Widén.

No comparativo do primeiro semestre de 2022 com o primeiro semestre de 2021 a fintech registrou aumento de 82% nos pedidos de empréstimo. Entre as 60 instituições financeiras conectadas à FinanZero estão nomes como Creditas, GerU e Bcredi, Banco Pan e Santander.

Provedora de uma tecnologia sueca, a FinanZero consiste em um buscador de empréstimos online, que possibilita a escolha da oferta mais vantajosa para quem solicita o crédito. A missão da fintech é desburocratizar os serviços de crédito, por isso o uso da plataforma é 100% gratuito.

(com assessoria)