Desenho conceito das oportunidades de uma startup - Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

20 startups fundadas por mulheres, entre elas quatro brasileiras, foram selecionadas para participar do programa de aceleração de empreendedorismo LAC Women Founders Accelerator 2021, voltado para empreendedoras das áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM), cuja as inscrições tiveram início em agosto deste ano.

O programa é fruto da parceria do Google com o laboratório de inovação do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e sua plataforma WeXchange, em colaboração com o centro de empreendedorismo mexicanoCentrall.

O processo seletivo contou com a participação de mais de 300 startups de 29 países da América Latina e Caribe, que provaram ter presença e gerar impacto em suas comunidades através de novas tecnologias.

As startups brasileiras para o programa foram a Carinos, rede de apoio digital para pais e mães trabalhadores; a Sofi, especializada em gestão de cobrança; a Muda Meu Mundo, plataforma que conecta o pequeno produtos com o varejo; e a Neural Mind, plataforma que analisa documentos e imagens usando IA.

(Com assessoria)