Gráfico de movimento de ações em bolsa de valores - Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

O Ibovespa opera em queda na manhã desta quarta-feira, 8, com a atenção dos investidores voltada ao ambiente político depois das manifestações de ontem, quando o presidente da República atacou novamente os ministros do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, além de fazer ameaças ao presidente da Corte, ministro Luiz Fux. “Ou o chefe desse Poder enquadra o seu ou esse Poder pode sofrer aquilo que nós não queremos”, disse.

No final desta manhã, o dólar comercial operava em alta de 1,83% a R$ 5,271 na compra e a R$ 5,272 na venda. Já o dólar futuro com vencimento em outubro registra ganhos de 2,02% a R$ 5,292.

O presidente do STF deve fazer pronunciamento sobre isso na sessão do Supremo hoje, enquanto o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), decidiu suspender todas as sessões do plenário e de todas as comissões da casa, paralisando inclusive a tramitação de projetos que interessam ao governo. O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), ainda não se manifestou.