Market4u lança mercado autônomo com apoio de IA

por | 30 jul, 2021 | SAS, Tecnologia e Inovação

Eduardo Córdova - Fundador e CEO da Market4u - Foto: Divulgação

Eduardo Córdova – Fundador e CEO da Market4u – Foto: Divulgação

A market4u, rede de mercado autônomo inteligente, vem modificando o tradicional conceito de autosserviço de vendas, ou venda autônoma, até então baseada em vendoing machines.  Fundado em 2019 por Eduardo Palu de Córdova e Sandro Wuicik, a startup tem modelo de negócio voltado à instalação em ambientes seguros um pequeno mercado autônomo, sem atendentes, para que os consumidores possam realizar suas compras. A empresa utilizar recursos se inteligência artificial para identificar a captura dos produtos, confirmar o pagamento e estabelece o mix dos minimercados.

“Usamos IA para a visão computacional e detecção de objetos para que o mercado consiga identificar o produto que o consumidor retirou sem que seja necessário ler o código de barras. Os recursos de machine learning identificam o produto e confirmam se ele foi pago. Para isso, usamos bibliotecas open source e ferramentas desenvolvidas internamente”, explica Eduardo Córdova, CEO da market4u.

Ele diz que a empresa tem a maior rede de mercados autônomos da América Latina e um modelo de franquias. Por meio de um aplicativo, os usuários se cadastram, selecionam os produtos de seu interesse e efetivam o pagamento. Todo processo é realizado de forma online e sem a necessidade de ter contato com máquinas.

Atualmente, o market4u está presente em mais de 60 cidades brasileiras e possui 82 mil clientes ativos. A previsão é chegar em mais de 10 mil unidades instaladas em 2021, tornando-se uma das maiores franqueadoras do Brasil. O modelo é uma evolução das vendors machines em que o consumidor primeiro paga e depois espera o produto cair.

“Hoje temos substituído muita vendors machinnes que não oferecem uma boa experiência, pois o cliente tem que pagar um produto de cada vez. Nosso modelo é de confiança, os produtos ficam expostos em prateleiras e geladeiras comuns como as de lojas de conveniência dos postos de gasolina. São geladeiras de sorvete e refrigerante e mais de mil produtos em prateleiras. O consumidor pega o produto lê o código de barras com o celular e paga pelo aplicativo com Pix, cartão de crédito, vale alimentação e PICPay entre outras formas.

A IA confere se o cliente pagou cruzando a imagem da retirada do produto com o banco de dados para ver se a imagem corresponde à do produto pago. Quando ele não ocorre é gerado um alerta para a equipe de monitoramento.

“Também utilizamos IA para melhorar a oferta de promoções entendendo quais produtos fazem sentido para cada consumidor. Temos 10 mil produtos cadastrados, mas em cada condomínio são oferecidos cerca de 500 itens específicos. Colocamos a localização, número de apartamentos, faixa etária dos moradores e o sistema sugere o mix e vai aprendendo e melhorando a oferta de produtos”, diz Córdova.

Em menos de um ano de operação, a startup registrou um crescimento de 1.000%, mais de 200 licenciados ativos, atuação em mais de 20 estados brasileiros e 1,3 mil minimercados instalados – 80% franquias – alcançando um faturamento de R$ 10 milhões em 2020. Para 2021, a expectativa é inaugurar outras 10 mil unidades em todo território nacional e se tornar um unicórnio brasileiro.

“Com o crescimento, passamos a vislumbrar novos projetos e queremos estender esta experiência inovadora de consumo também para academias, clubes, prédios comerciais, como é o caso da primeira loja autônoma que lançamos no final do ano passado dentro de um centro comercial, em Curitiba. Nossa grande meta  atender mais de 50 mil prédios e condomínios, para isso, nós já estamos selecionando novos franqueados em todo território nacional”, sinaliza Córdoba.

Além do modelo tradicional, que se baseia em instalar dentro dos condomínios um pequeno mercado 100% adaptável com prateleiras e geladeiras, a startup curitibana lançou outras alternativas de mini market como o modelo de container, que permite ser instalado em condomínios de casas e sobrados.

Outros quatro outros tipos de serviços, Express – mini mercado que atende a condomínios com menos de 100 unidades; Office – que atende escritórios, centros comerciais, centros médicos e todos os tipos de ambientes corporativos; Fit – estrutura para atender academias e centros esportivos; e o Premium – que oferece, além do básico para o dia a dia, itens importados.