Mercado diminui projeção do PIB para 2021 e 2022 - Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

O mercado financeiro reduziu as expectativas sobre o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), pela nona semana. Para 2021 a projeção é de 4,65%, menor do que na semana passada de 4,71%. Os dados são do Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central, nesta segunda-feira, 13.

As previsões para o PIB de 2022 também diminuíram pela décima semana. Os especialistas do mercado indicaram um crescimento do PIB de 0,50%, ante 0,51% da semana anterior. Para 2023 a previsão também diminuiu, de 1,95% na semana anterior, para 1,90%.

IPCA

Depois de 35 semanas de previsão de alta para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o mercado financeiro projeta uma queda na inflação oficial de 2021, passando de 10,18%, na semana anterior, para 10,05%.  De acordo com os economistas entrevistados pelo BC, para 2022, a inflação oficial manteve-se em 5,02%.

Em novembro, o IPCA subiu 0,95% na comparação com outubro, o maior valor para o mês desde 2015, quando teve alta de 1,01%.  No ano, o indicador acumula alta de 9,26% e, nos últimos 12 meses, de 10,74%.

Quanto à taxa básica de juros, a estimativa do mercado manteve-se em 9,25% em 2021 e 11,25% em 2022.

Câmbio

A projeção da cotação do dólar para fechar 2021 teve acréscimo ante a semana anterior, de R$ 5,56 para R$ 5,59. Para 2022 a previsão dos economistas manteve-se em R$ 5,55.