Mercado Livre contrata 4 mil profissionais no país - Crédito: Divulgação

Crédito: divulgação

O Mercado Livre, plataforma de e-commerce e serviços financeiros, anunciou a contratação de 4 mil novos profissionais no Brasil em 2022, que serão integrados também à equipe do Mercado Pago. A expectativa da empresa é fechar o ano com 16 mil colaboradores, o que representa um aumento de 31% em relação a 2021.

As áreas de tecnologia, fintech e logística devem absorver a maior parte das contratações, que contemplam diferentes posições e localidades oferecidas pelo Mercado Livre.

Na América Latina, a empresa vai contratar mais de 14 mil profissionais — em 7 países, incluindo o Brasil — elevando o quadro geral para mais de 44 mil colaboradores, crescimento de 46% em relação ao ano anterior.

Conforme Patrícia Monteiro de Araújo, diretora de pessoas do Mercado Livre no Brasil, o número de colaboradores tem crescido significativamente nos últimos anos, refletindo a ampliação da malha logística e a consolidação da liderança do Mercado Livre no setor, assim como a expansão do Mercado Pago, que passou a oferecer um portfólio ainda maior de soluções financeiras.

“Até o final do ano, vamos contratar mais de ⅓ do total de colaboradores que temos atualmente no país. Essas novas oportunidades representam parte dos investimentos que anunciamos para 2022”, diz ela. Recentemente, o Mercado Livre confirmou o investimento de R$ 17 bilhões no Brasil, para impulsionar diferentes frentes e negócios.

O Brasil é o país com o maior número de colaboradores, segundo ela, o que reforça o compromisso da empresa com o mercado brasileiro.

A empresa, considerada uma das maiores lideranças no segmento de e-commerce, encerrou o ano de 2021 com 76 milhões de usuários ativos na América Latina, impactando cerca de mais de 500 mil micro e pequenas empresas, sendo a principal fonte de renda para cerca de 1 milhão de famílias.

(Com assessoria)