Mercado projeta Selic em 8% em 2021 e 2022 - Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

A inflação, de acordo com o mercado, se distancia cada vez mais da meta fixada em 3,75%, pelo Conselho Monetário Nacional (CNM). Segundo o Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira, 13, pelo Banco Central, para 2021, a projeção de inflação é de 8%, ante 7,58% registrado na semana anterior.

Para 2022, as projeções para a inflação, segundo os economistas entrevistados pelo BC, subiram de 3,98% para 4,03%. A expectativa para o crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB) deste ano caiu de 5,15% para 5,04%. Já para o próximo ano, o mercado espera um crescimento de 1,72% no PIB. Na semana passada, a previsão para 2022 era de 1,93%.

Em relação à taxa básica de juros da economia, a Selic, a expectativa subiu de 7,63% para 8,00% no final de 2021. Para 2022, a projeção também acelerou, saindo de 7,75% para 8,00%.

Na última reunião, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central elevou a taxa em 1 ponto percentual, de 4,25% para 5,25% ao ano, e indicou que outras altas podem vir até que o juro alcance o patamar acima do neutro.

A previsão para a cotação do dólar no final do ano subiu de R$ 5,17 para R$ 5,20. Para o fim de 2022, a estimativa se manteve em R$ 5,20.