Crédito: Freepik

O crescimento exponencial do uso de aplicativos de mensagem, como o WhatsApp, SMS, Messenger, Signal ou Telegram, no Brasil e no mundo, mudou para sempre a forma como as empresas se relacionam com seus clientes. E mesmo com o controle da pandemia e a volta à “normalidade”, este novo comportamento dos consumidores deve se acentuar.

Foi com esta perspectiva que a Gupshup, líder indiana de mensageria com mais de 6 bilhões de interações/mês apenas na Índia, se tornou o mais novo unicórnio da internet ao receber um aporte de USD$ 100 milhões da Tiger Global Management, na segunda semana de abril, o que elevou seu valor de mercado a USD$ 1,4 bilhão.

“O Brasil é um dos maiores mercados quando se fala em uso comercial dos aplicativos de mensagem. E este é um segmento que deve aumentar muito mais, pelas facilidades que oferece no relacionamento entre empresas e clientes. A Gupshup vinha atendendo clientes brasileiros em sua plataforma, que é self-service, e por isso decidimos criar uma estrutura local, que também vai atender a outros países da América Latina e do Sul.” explica Beerud Shteh, CEO e co-fundador da companhia.

A Guphup é uma empresa de tecnologia que desenvolve soluções para que as empresas se relacionem com seus clientes por meio de aplicativos como WhatsApp e SMS, que são apenas o canal de contato. As caixas de diálogo, links e outras interações, são fornecidas por empresas de mensageria.

Sua plataforma funciona com base em IP, o que lhe permite atuar em qualquer país do mundo sem qualquer necessidade de adaptação ou limitação por conta de diferenças de protocolo.

A Gupshup espera crescer três vezes no Brasil, em 2021, e já atende clientes do porte da Caixa Econômica Federal, Banco do Nordeste, Unimed, Lojas Torras, governos estaduais e prefeituras, além de, por meio de parceiros, atender empresas que atuam em grandes Marketplaces. (Com assessoria de imprensa)