esg-verde-mercado-credito-freepik-digital-money-informe

Crédito: Freepik

O Nubank, plataforma digital de serviços financeiros, se tornou membro da rede Brasil do Pacto Global, iniciativa da Nações Unidas (ONU) para encorajar empresas a adotar políticas de responsabilidade social corporativa e de  sustentabilidade. Com a assinatura, o banco digital reforça seu compromisso com a governança e responsabilidade socioambiental internamente.

Com mais de 17 mil participantes em quase 170 países, a iniciativa conta com mais de 1.500 membros no Brasil, país que possui a terceira maior rede no mundo.

“A nossa adesão ao Pacto Global é mais um passo importante e reforça nosso compromisso e atuação na agenda ESG”, afirma Christianne Canavero, diretora de ESG do Nubank.

Com mais de 48 milhões de clientes no Brasil, Colômbia e México, segundo ela, o Nubank busca atuar de forma integrada com a causa socioambiental de forma transversal, mantendo a transparência e a eficiência, parte de sua missão desde quando foi criado em 2013.

Princípios do Pacto Global

Criado em 2000, o Pacto Global foi idealizado pelo ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan e oferece aos membros acesso a ferramentas que contribuirão para ampliar o envolvimento com temas de sustentabilidade, além de ampliar discussões na área.

Ao integrar o Pacto Global da ONU o banco é obrigado a reportar anualmente seu desempenho em relação aos 10 princípios. Assim, a iniciativa estimula a evolução constante das práticas internas de sustentabilidade.

Fundado em 2013 o Nubank tem mais de 48 milhões de clientes. Há dois anos, a empresa anunciou a aquisição da corretora digital Easynvest, agora Nu invest, uma das primeiras corretoras a oferecer acesso online à Bolsa no Brasil, que possui mais de 2,8 milhões de clientes e R$ 33 bilhões de ativos sob custódia.

(Com assessoria)