Crédito: Freepik

A ferramenta ODS 16 Business Framework ajudará as empresas a adotar a governança transformacional, uma filosofia baseada em princípios que exige que os negócios sejam mais responsáveis, éticos, inclusivos e transparentes. O tema será discutido durante a Cúpula de Líderes do Pacto Global da ONU, marcada para o dia 16 de junho de 2021.
Com a sobreposição crescente e urgência nas questões ESG, a governança transformacional é um prisma por meio do qual as empresas podem expandir sua compreensão do “G” em ESG. Ele demonstra as razões e como empresas podem avaliar e implementar cada meta do ODS 16 por meio de atividades internas e externas, incluindo-as em todas as suas cadeias de suprimentos.
A pandemia e as crises convergentes – incluindo mudança climática, incerteza econômica, desigualdade social e desinformação – mostraram que as empresas não operam independentemente da sociedade em geral. Elas podem e devem desempenhar seu papel na promoção da liderança ética e na construção da confiança entre as instituições públicas e privadas e a sociedade civil.
A ferramenta orienta as empresas na jornada para a governança transformacional, indo além da conformidade para se tornarem defensoras dos princípios de paz, justiça e instituições fortes”, disse Sanda Ojiambo, CEO e diretora-executiva do Pacto Global da ONU.

O ODS 16 Business Framework não tem como objetivo criar novos compromissos ou padrões legais, mas aprofundar a compreensão do papel que as empresas podem desempenhar no avanço dessas questões, fortalecer o engajamento multifuncional e encorajar as organizações a avaliar onde estão e a identificar oportunidades de melhorias, bem como incorporar à supervisão do conselho e da gestão, valores e cultura, estratégias, políticas, operações e relacionamentos.

O documento foi assinado por mais de 1.300 CEOs de empresas em mais de 100 países e entregue ao Secretário-Geral das Nações Unidas durante o 75º aniversário da ONU. (Com assessoria de imprensa).