Crédito: Freepik

O WhatsApp anunciou que a partir desta terça-feira, 4, seus usuários poderão transferir dinheiro entre si por meio do aplicativo sem o pagamento de taxas. O Banco Central autorizou a empresa a funcionar como um iniciador de pagamentos entre pessoas físicas no final de março, depois de meses de análise.

O Pagamento no WhatsApp está disponível para usuários com cartões de débito, pré-pago ou combo com as bandeiras Visa e Mastercard e emitidos pelo Banco do Brasil, Banco Inter, Bradesco, Itaú, Mercado Pago, Next, Nubank, Sicredi e Woop Sicred. Segundo o WhatsApp, outras empresas podem se cadastrar como parceiras para a movimentação de dinheiro.

Para usar o WhatsApp para realizar transferência bancárias, é preciso cadastrar o cartão de débito – cartões de crédito ainda não estão liberados – no Facebook Pay. Os dados são protegidos por um código criado pelo próprio usuário ou pela opção biométrica disponível no celular.

O WhatsApp estabeleceu limites de valores e número de transações. Um usuário poderá enviar até R$ 1 mil por transação e receber até 20 pagamentos por dia, com um limite de R$ 5 mil no mês. Só serão permitidas transferências dentro do país e em Real.