Pix: limite de transferência à noite entra em vigor hoje- Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

O Banco Central criou um pacote de medidas para garantir mais segurança às transações realizadas por meio do Pix. O limite de transferência de valor no período da noite é a principal delas, e entra em vigor a partir desta segunda, 4. As demais passarão a valer a partir de 16 de novembro.

O teto determinado para transações passa a ser de R$ 1.000, no horário das 20h as 6h. A regra é para as transações entre pessoas físicas, incluindo microempreendedores individuais (MEIs) e também vale para TEDs, transferência entre contas do mesmo banco e cartões de débito.

O órgão regulador permite também ao usuário pedir a ampliação deste limite, mas não será automática para evitar sequestro-relâmpago, por exemplo. O banco terá entre 24 e 48 horas para atender o pedido.

Campos Neto, inclusive, atribuiu em agosto parte do aumento de golpes feitos por meio do Pix ao avanço da mobilidade em meio às medidas de relaxamento e fim de quartentena nos estados, especialmente devido ao aumento do movimento em bares e restaurantes à noite.

Outra medida de segurança que entra em vigor é a possibilidade de cadastrar contatos que poderão receber transações por Pix acima de R$ 1 mil a qualquer hora do dia. A alteração também só vale após 24h do pedido.

De acordo com o BC, no final de dezembro de 2020, havia 56 milhões de usuários de Pix, já no final de agosto de 2021, o último balanço divulgado registrou 106,6 milhões. O aumento, segundo a autarquia, deve-se a praticidade. O Pix não tem tarifa e é concluído na hora e quem manda o dinheiro só precisa da chave do favorecido, que pode ser um email, o número do celular, o CPF ou uma senha aleatória.

Até 16 de novembro, serão implementadas outras medidas. As instituições serão obrigadas a realizar “registros diários de ocorrências de fraudes ou de tentativas de fraude na prestação de serviço de pagamento, discriminando, inclusive, as medidas corretivas adotadas.”

Mudanças que passam a valer

Limite de transferência – no período entre 20h às 6h da manhã, o limite da transferência via Pix será de R$ 1.000. A regra também vale para TED.

Ampliação – será possível pedir a ampliação do limite, mas a aprovação do pedido será feita entre 24h até 48h, após a solicitação

Transferência para contatos – Também há possibilidade de cadastrar contatos que poderão receber Pix acima de R$ 1 mil a qualquer hora. Pra esses casos, a alteração só valerá 24 horas após o pedido pelo usuário.