Figura conceito de perda de dinheiro - Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

Os saques em caderneta de poupança superaram os depósitos pelo segundo mês, segundo divulgou o Banco Central, nesta quarta-feira, 6. No mês de setembro, o resultado foi negativo em R$ 7,7 bilhões.

No mês, os depósitos somaram R$ 282,876 bilhões, enquanto os saques totalizaram R$ 290,596 bilhões. Em agosto, houve retirada líquida de R$ 5,467 bilhões da poupança. De abril a julho, os depósitos vinham superando os saques.

De janeiro a setembro, também foi registrada uma saída líquida de recursos. Nesse período, os saques superaram os depósitos em R$ 23,349 bilhões, segundo o BC.

Em dezembro de 2020, o saldo da poupança estava em R$ 1,035 trilhão, passando para R$ 1,036 trilhão em agosto deste ano e, agora, caiu para R$ 1,031 trilhão em setembro.

Além dos depósitos e dos saques, os rendimentos creditados nas contas dos poupadores também são contabilizados no estoque da poupança. Em setembro deste ano, os rendimentos somaram R$ 3,084 bilhões.