Prazo para pagar o IR no débito automático termina nesta terça, 10 - Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O prazo para quem quer colocar os pagamentos da primeira parcela ou cota única do Imposto de Renda 2022 em débito automático acaba nesta terça-feira, 10, e é preciso entregar a declaração anual preenchida até às 23h59 de hoje.

Essa data-limite — que inicialmente vencia em 10 de abril — foi prorrogada em um mês quando a Receita Federal estendeu o período de envio das declarações em geral até 31 de maio.

Após o dia 10, só será possível colocar em débito automático a segunda parcela em diante. Neste caso, a primeira cota terá que ser paga por meio de Darf, que será gerado pelo próprio programa do IR 2022 até 31 de maio, último dia para entregar a declaração.

No portal e-CAC, o contribuinte pode configurar o pagamento das cotas em débito automático após o envio da declaração acessando o menu “Meu Imposto de Renda”, indo em “Pagamento” e, por fim, em “Consultar, Autorizar e Cancelar Débito Automático”.

No caso dos contribuintes que entregaram a declaração do Imposto de Renda nos primeiros dias de prazo e programaram o débito automático da cota única para 29 de abril —data-limite anterior— a Receita informa que o débito foi transferido automaticamente para 31 de maio, sem que seja necessário fazer nenhuma alteração.

Para este ano, são esperados 34,1 milhões de documentos. Quem tem IR a pagar pode parcelar em até oito vezes. A parcela mínima não pode ser menor do que R$ 50. Para valores de R$ 10 a R$ 100, o contribuinte deve pagar em cota única.