A pandemia acelerou o processo de digitalização das empresas e, consequentemente, a necessidade de prevenção à fraude tem se tornado cada vez mais urgente. A forma como o celular é usado contribui para agregar informações às ferramentas antifraude existentes no mercado, afirma Luis Sampaio, CEO da Cignifi.