mão segura notas de dinheiro em figura em neon - Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

A fintech Provu (ex-Lendico), especializada em crédito pessoal e meios de pagamento, anuncia que levantou R$ 1,4 bilhão em um Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC), liderado pelo Goldman Sachs.

Segundo a empresta informou em sua página no LinkedIn, o montante deve ser investido principalmente na linha de negócio do crediário digital ou Buy Now, Pay Later. No caso da fintech, o produto se chama “Provu parcelado”.

Além da mudança de marca, em 2021, a fintech recebeu autorização do Banco Central para atuar como Sociedade de Crédito Direto (SCD). Com isso, ela obteve condições de operar com recursos próprios, sem precisar recorrer a parceiros para a aprovação de pedidos de empréstimos.