Samsung lança primeiro EFT de blockchain na Ásia-credito-flickr-digital-money-informe

Crédito: Flickr

A Samsung Asset Management, gestora de ativos, pretende listar um Exchange Trade Fund (ETF), fundo de índice, focado em blockchain em Hong Kong até julho. Trata-se de o primeiro ETF na Ásia que incluirá exposição real à criptoativos.

Os ETFs Blockchain, segundo especialistas, surgiram como portas institucionais para investir na crescente indústria de criptoativos, sem ter que suportar a volatilidade das próprias criptomoedas.

O fundo da Samsung investe principalmente em empresas relacionadas ao mercado de criptoativos como SilverGate, Galaxy Digital Holdings, Coinbase e contratos futuros de Bitcoin. Ele apresenta as mesmas características do Transformational Data Sharing ETF (BLOK ETF) da Amplify, focado na tecnologia Blockchain.

Para garantir os direitos exclusivos de venda do ETF da Amplify na Ásia, a Samsung Asset Management comprou por US$ 30 milhões uma participação de 20% da empresa. O novo fundo baseia-se na mesma estrutura do BLOK ETF, mas será negociado sob o nome da Samsung.

Como o interesse em dividendos está crescendo devido a um aumento nas taxas de juros dos EUA, a empresa considera listagens adicionais, como o ‘Amplify CWP Enhanced Dividend Income ETF (DIVO ETF).

Investidores americanos aguardam no momento a aprovação de um EFT de Bitcoin voltado para o mercado spot,  formado por ativos financeiros negociados para entrega imediata como commodities, ações, alguns tipos de títulos e câmbio (moeda). O mercado spot também é conhecido como mercado à vista uma vez que os pagamentos são processados ​​imediatamente e há uma troca de ativos.

Até o momento, apenas ETFs para o mercado futuro foram aprovados pela  Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC). Apenas poucos países como Brasil, Canadá e Chile aprovaram um ETF focado 100% em bitcoin.

(Com Investing)