Crédito: Freepik

O Santander Brasil anunciou lucro líquido gerencial de R$ 4,012 bilhões no primeiro trimestre deste ano. O valor representa alta de 4,1% em relação ao mesmo período de 2020. O resultado foi considerado um recorde para empresa, que apresentou bom desempenho especialmente em produtos como consignado, venda de cartões de crédito e financiamento de bens e consumo.

O banco apresentou margem financeira bruta de R$ 13,422 bilhões no primeiro trimestre, aumento de 8,3% comparado ao trimestre anterior e 6,1% em relação ao ano passado.

As despesas líquidas com provisões para devedores duvidosos fecharam em R$ 3,161 bilhões, com alta de 9,7% em relação aos três meses anteriores e de 6,1% ante a 2020.

A entrada em operação do Pix, em novembro do ano passado, impactou sua principal linha de receita, de cartões e serviços adquirentes. A queda foi de 7,4%, o equivalente a R$ 1,528 bilhões, no primeiro trimestre de 2021.

A receita de conta corrente caiu 9,2%, R$ 960 milhões, e comissões de seguros diminuíram 18,1%, R$ 743 milhões. O terceiro maior banco do país em ativos registrou de janeiro a março de 2021 despesas gerais de R$ 5,266 bilhões, com queda de 5,2%.