Santander usa IA para a educação financeira de seus clientes - Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação

O Santander investiu em Inteligência Artificial (IA) para oferecer educação financeira aos seus clientes. Após fase de testes com um pequeno grupo, o banco coloca no ar nesta semana o serviço de forma 100% gratuita e disponível para toda a sua base de clientes pessoas físicas.

São 14 milhões de clientes que, ao acessarem o aplicativo para celular do banco, vão receber uma informação personalizada, mencionando um de seus hábitos de consumo. A Inteligência Artificial se baseia em transações reais do cliente e oferece uma dica correspondente sobre como melhorar ou facilitar a gestão do seu orçamento.

Já no projeto piloto, o banco identificou o começo do que projeta ser uma verdadeira revolução no seu modelo de relacionamento digital. E desde então vem incrementando novos casos de uso à Inteligência Artificial que ajuda o cliente a economizar dinheiro. De 28 temas de consumo lançados inicialmente, hoje são 45. Até o final do ano serão 100 temas. Desde o início do projeto, o Santander totalizou mais de 17 milhões de dicas geradas aos clientes, quando o projeto estava restrito apenas a funcionários da Instituição.

As novidades mais recentes são relacionadas a orientações de serviços de assinatura como, por exemplo, a dos streamings de filmes ou consumo de games. Uma das formas de interação da Inteligência Artificial é por meio de um quiz em que o cliente é desafiado a responder quanto ele gasta por mês com a assinaturas de determinados serviços ou com a compra de games.

Hoje, o Santander registra uma conversão das interações acima de 13%, o que significa que em cada 10 clientes que acessam o App para fazer um Pix, consultar o saldo, pagar conta ou contratar empréstimo, um clica na dica.

Em uma próxima etapa, os clientes terão assessoria financeira contextualizada de acordo com a jornada que estão acessando no aplicativo.

(com assessoria)