Vinícius Rezende, superintendente de coordenação sistêmica do Sicoob       Foto: divulgação

Em movimento contrário ao dos grandes bancos, que fecharam 399 agências e tiraram 726 caixas eletrônicos de operação no primeiro trimestre deste ano, o Sicoob amplia sua atuação presencial. Até março de 2021, já foram abertas 60 novas agências e a expectativa é fechar o ano com cerca de 220, sendo 35% delas baseadas no modelo de escritórios de negócios, que serão concentrados em regiões metropolitanas.

De acordo com o ranking do Banco Central, a instituição tornou-se o segundo maior player no atendimento físico no mercado financeiro, no ano passado. Com o total de 3.480 unidades, o sistema cooperativista permaneceu atrás apenas do Banco do Brasil, com 4.380.

O número de agências do Sicoob cresceu mais de 40% nos últimos cinco anos, uma média de 8% ao ano, enquanto as demais instituições financeiras reduziram em até 25% sua atuação presencial, afirma Vinícius Rezende, superintendente de coordenação sistêmica do Sicoob.

Para atender os mais de 5 milhões de cooperados presentes em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, a instituição prioriza como estratégia o atendimento aos 309 municípios, que só contam com a presença do Sicoob, e demandam relacionamento presencial.

“As cooperativas funcionam como agente de inclusão financeira no país e nossa meta é atingir pessoas com baixa escolaridade, em geral concentradas no interior do país, que ainda não estão familiarizadas com o acesso às transações digitais”, afirma.

Como o Sicoob lida com diferentes perfis de usuários, os atendimentos físico e digital devem caminhar lado a lado. Os investimentos em tecnologia e inovação da cooperativa buscam melhorar cada vez mais a experiência dos cooperados que preferem o relacionamento digital. Durante a pandemia, foram desenvolvidas soluções de reconhecimento facial , pagamentos por aproximação e um processo de filiação totalmente digital, por meio do App Sicoob, entre outras novidades.

O cooperado tem à disposição todos os tipos de serviços e produtos financeiros que um banco oferece. A grande vantagem em relação às grandes instituições financeiras, segundo Rezende, é poder participar das decisões tomadas em assembleias anuais. “O valor do capital não importa na tomada de decisão e as sobras (lucros) são revertidas para os cooperados”, diz.

Cerca de 51% da rede atual da Sicoob abrangem municípios brasileiros com até 50 mil habitantes, somando as cidades com até 200 mil habitantes esse percentual chega a 73%.  Há também oportunidade de expansão em cidades com mais de 500 mil habitantes, onde a cooperativa bancária tem 15% de sua rede. Com a ampliação da rede, a expectativa da instituição é manter o crescimento da receita de 20% ao ano. O resultado de 2020 foi de R$ 3,2 bilhões, distribuídos entre os cooperados.

Dados do BC mostram que de dezembro de 2016 para cá, as instituições financeiras já fecharam mais de 4 mil agências bancárias, o equivalente a 20% do total que tinham há cinco anos. Em 2020, os três maiores bancos – Itaú-Unibanco, Bradesco e Santander – fecharam o total de 1.526 agências físicas e pontos de atendimento.

No primeiro trimestre de 2021, o Banco do Brasil foi o que mais encerrou estabelecimentos físicos, 207, enquanto a Caixa Econômica Federal manteve o mesmo número de agências.