Crédito: Freepik

A indústria da Cannabis está a um passo de ganhar o aval do governo dos Estados Unidos e mudar completamente o jogo para empresas, consumidores e investidores. O mercado que já movimenta bilhões de dólares pode, a qualquer momento, ter o decreto que vai liberar a irrigação de todo o sistema financeiro americano no comércio da cannabis.

De olho nesse cenário, a Vitreo Gestão lança no mercado brasileiro o fundo Cannabis Ativo. O produto é acessível para o público em geral, tem investimento inicial de R$ 1 mil, taxa de administração total de 0,72% ao ano e não cobra taxa de performance. A carteira do fundo é inspirada nas ideias do relatório “Green Rider” da Empiricus, a maior casa de research independente do Brasil, e tem a alocação indireta de 80% em ETFs de cannabis e 20% do fundo Canabidiol.

A Vitreo tem hoje mais de R$ 11 bilhões sob custódia em mais de 60 fundos próprios, além de contar com uma base acima de 100 mil clientes. De acordo com George Wachsmann, gestor da Vitreo, este é o melhor momento da história para começar a investir no setor. A indústria que já movimenta bilhões de dólares está prestes a aumentar exponencialmente. “O Safe Banking ACT é o que chamamos de catalisador. Ele tem o potencial de destravar um volume financeiro sem precedentes e proporcionar uma grande transformação para o setor da cannabis, com resultados vistos já no curto prazo”, diz Wachsmann. (Com assessoria de imprensa)