XP e Banco Modal concluem negociação- Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

O Banco Modal informou nesta quinta-feira, 05, a continuidade do processo de combinação de negócios com a XP. As empresas anunciaram a assinatura do acordo referente à conclusão da compra do Modal pela XP.

A XP, que no ano passado já havia promovido um forte processo de consolidação, comprou em janeiro deste ano o Banco Modal por R$ 3 bilhões, reforçando a sua estratégia de crescer no mercado de forma inorgânica. Na negociação, o Banco Modal permanecerá independente e segregado, apesar de fazer parte do ecossistema XP.

“A XP compartilha o mesmo propósito e visão estratégica de longo prazo que o Modal, com foco em resultado e cultura de empresa de dono. Temos convicção que esta operação agregará muito valor tanto para nossos acionistas quanto para nossos clientes, uma vez que pretendemos acelerar o processo de disrupção da indústria financeira brasileira, democratizando ainda mais o acesso a produtos e serviços financeiros de alta qualidade com um preço acessível, de forma mais fluida e conectado às vidas das pessoas”, disse o CEO do Banco Modal, Cristiano Ayres.

De acordo com Thiago Maffra, CEO da XP, a união fortalece tanto a XP quanto o Modal, mas no fim quem acaba ganhando são os clientes. “Com mais escala e a união de nossos talentos, conseguiremos criar produtos ainda melhores, com preços acessíveis. E vale ressaltar, mais uma vez, que ter os sócios, colaboradores e parceiros do Modal se unindo ao nosso sonho grande só é possível devido a um forte alinhamento cultural e visão de longo prazo”, defende  Maffra.

O fechamento da operação ainda está sujeita ao cumprimento de determinadas condições precedentes usuais, conforme descrito no fato relevante publicado em 05 de maio de 2022.

(Com assessoria)