XP fecha parceria com Nasdaq para vender criptos - Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

A XP anunciou a criação de uma nova plataforma digital, a Xtage, em parceria tecnológica com a Nasdaq Market Technology, para negociar criptomoedas, entre outros ativos. A expectativa é de que a plataforma entrará em operação, a partir do final do segundo trimestre, conforme o comunicado divulgado nesta quinta-feira, 12.

A nova plataforma, conforme afirma a XP em nota, proporcionará maior flexibilidade de escala para a integração de novos produtos e serviços.

“A criação da Xtage representa um grande marco para o avanço no mercado de ativos digitais e em nossa habilidade de oferecer aos investidores maior acesso ao ecossistema emergente. Por meio de nossa parceira tecnológica com a Nasdaq, estamos confiantes de que a XP irá operar em uma infraestrutura de mercado de capitais inovadora e robusta”, afirmou Lucas Rabechini, diretor de produtos financeiros da XP.

A plataforma será totalmente integrada ao ecossistema da XP. A corretora já tem planos no médio prazo para ampliar a oferta a outros tipos de ativos digitais para atender a nova demanda do mercado a partir de novas tendências e o apetite dos investidores mostrarem a necessidade de integração de novos produtos.

A iniciativa da XP em se lançar no mercado de criptomoedas segue uma tendência que os cripto ativos tem exercido na América Latina e o Brasil, nesse cenário, ocupa uma posição de destaque na região.

O Nubank anunciou ontem a sua entrada no mercado de criptomoedas como parte da estratégia de ampliação do seu portfólio de produtos e serviços para atender às necessidades dos clientes. A partir deste mês, o banco digital começa a transacionar criptoativos pelo aplicativo. Inicialmente serão oferecidos Bitcoin e Ethereum, por valor mínimo de R$ 1.

A experiência do Nubank com criptomoedas visa ampliar democratizar e melhorar o acesso a esse mercado, eliminando complexidade e fricções para que os clientes comprem, mantenham e vendam moedas digitais por meio do app, sem a necessidade de abrir novas contas ou transferir dinheiro.

(Com assessoria)