Logomarca Pix 2021 - Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

Com a forte adesão dos consumidores brasileiros ao Pix, as fintechs aceleram o desenvolvimento de soluções para que o varejo disponha da tecnologia como mais uma opção de pagamento para suas vendas. Diante deste cenário, a Zoop, especializada em tecnologia para serviços financeiros, já processou R$ 1,2 bilhão em mais de 30 milhões de transações usando o Pix como método de pagamento, por meio da Zoop Payments, sua plataforma de financeira de adquirência.

“Por ser ágil e seguro, o Pix tem um grande potencial para se consolidar como um meio de pagamento para o varejo, em especial para o e-commerce. Além de atender melhor ao comprador que deseja pagar à vista, a tecnologia está trazendo novos consumidores para o comércio digital, segundo relatos dos nossos clientes. Isso porque o novo método atende quem não tem cartão de crédito ou não tem limite disponível, bem como os que são desbancarizados e utilizam o pagamento instantâneo por carteiras digitais”, explica Alessandro Raposo, CMO da Zoop.

Em pesquisa feita pela Zetta, associação que representa a Zoop e outras empresas do segmento de serviços financeiros digitais, em parceria com o Datafolha, sobre ‘A transformação do Pix para os pagamentos brasileiros’,92% dos entrevistados afirmaram que já utilizaram o Pix para transferências bancárias, enquanto apenas 57% disseram ter contado com o método para pagar por serviços ou produtos fornecidos por empresas.

Como funciona o Pix no varejo

Para os clientes Zoop, a fintech oferece o método com rápida integração, criando um fluxo financeiro 100% automatizado e seguro, o que consequentemente auxilia em um retorno no aumento das vendas, da conciliação financeira e em um impacto positivo logístico, já que o pagamento é aprovado com mais agilidade e entregue de forma mais rápida, bem como apoiando estruturas de entrega expressa.

Para o consumidor que deseja concluir sua compra pelo sistema Pix da Zoop, tanto por aplicativo quanto pela versão web do comércio online, ao chegar na tela para finalizar a compra, basta acessar o QR Code ou copiar o código Pix para que o pagamento seja concluído pelo internet banking ou app de sua instituição financeira. A transação é rapidamente aprovada.

(com assessoria)